Star Wars – Conhecendo os manuais

Como todo mundo já sabe, desde que a Disney assumiu o controle da produção dos filmes de Star Wars, seremos bombardeados durante os próximos anos com outras histórias, Spin offs, novos personagens e muito mais sobre esse incrível universo expandido. Para os fãs, é mais do que um sonho sendo realizado e foi pensando nisso que resolvi adquirir os manuais Star Wars para presentear o maridon, que é muito fã da saga. Mas ai, como não poderia ser diferente, acabei lendo todos os livros primeiro que ele.

Para quem tem curiosidade sobre tudo que envolve Star Wars, eu não poderia recomendar coisa melhor. Cada livro terminado te dá aquela sensação de que não há mais nada neste mundo (e em outros) que você não saiba sobre os dois lados da força. Ao todo são 4 livros: O Caminho Jedi: Um Manual Para Estudantes da Força, Manual do Império: Guia do Comandante, O Código do Caçador de Recompensa e Livro dos Sith. 

Untitled design

Eu simplesmente amei todos eles e mesmo para quem não é fã de carteirinha, a leitura consegue ser rápida e divertida. Todos os livros tem pequenos comentários de personagens já conhecidos como Luke, Ben Kenobi, nosso amado Yoda e outros, e isso dá um toque bem realista na coisa, mas o que mais me chamou atenção foram as particularidades de cada livro, como diagramação e ilustrações. Todos eles foram escritos por Daniel Wallace e aqui no Brasil foram publicados pela editora Bertrand.Vou falar um pouco sobre eles nesse post e espero que vocês gostem (vou logo avisando que escrevi muito hahahah então, se você só quiser saber sobre um livro em particular, basta ir pulando a leitura).

O Caminho Jedi: Um Manual Para Estudantes da Força

Segundo o livro, este manual foi passado de mestre para padawan durante vários séculos e sua existência é lendária. Ele é dividido em 4 partes: I – Introdução a Ordem Jedi, II – Jedi Iniciado, III – Padawan e IV – Cavaleiro Jedi e como o próprio nome já diz, com ele aprendemos sobre a história Jedi e o funcionamento do aprendizado até se tornar mestre. Ele mostra detalhes de como funciona a fabricação de sabres de luz, armas Jedi catalogadas, modos de luta, alienígenas que são resistentes a força, as diferentes funções de um cavaleiro Jedi e por ai vai. A parte que eu mais gosto é a primeira, que fala sobre filosofia e os pilares da força.

As notas feitas pelo Anakin são as melhores porque como você já sabe o destino dele, só consegue rir quando ele contradiz algo no manual. Você também lerá comentários de Yoda, Thame Cerulan, Dookan, Qui – Gon Jinn, Ben Kenobi, Ahsoka Tano, Darth Sidious (Palpatine) e Luke. Perto do final, temos uma pequena introdução a história dos Sith, então, seria legal que após a leitura de O Caminho Jedi, você já começasse a ler o Livro dos Sith, para não perder o fio da meada, sabe?  Mas como não existe uma ordem entre as leituras, você não é obrigado a nada hahahah

As ilustrações foram feitas por vários astistas diferentes, e no fim do livro tem uma lista com todos os nomes. O design e diagramação também são um show a parte. As folhas tem aspecto de pergaminho e possuem tamanhos diferentes, tudo para dar aquele ar de que é realmente muito antigo. Diferente dos outros manuais (com exceção do Livro dos Sith), este foca um pouco mais no lado histórico e talvez isso diferencie um pouco o ritmo da leitura.

Livro dos Sith

635972605119852541_Afterlight_Edit

É o mais bonito de todos e não, eu não sou uma pessoa com tendências ao lado negro da força… É que o Livro dos Sith é basicamente uma junção de textos recuperados por Palpatine escritos por grandes Lords Sith (com excecão de Mãe Talzin). São 6 textos, cada um com textura e formatos diferentes (show again). O primeiro é o escrito mais antigo do livro, “A crônica de Sorzus Syn” fala sobre a ascensão do Império, a diferença entre os códigos Jedi e Sith, a história dos Sith puro- sangue e detalhes que incluem listas com armas, amuletos e conquistas. O capitulo que fala sobre os encantamentos é super dark side.

O segundo é uma seção do “Diário de Darth Malgus”, e se trata do relato de um soldado que servia ao Imperador Sith daquela era. Como Palpatine entregou este diário para inspirar Darth Vader em suas conquistas, só existem comentários dele por lá. A terceira parte é “A Regra dos dois”, escrito por Darth Bane e é como se fosse um livro de diretrizes Sith. Palpatine o descreve como “A Pedra fundamental da Ordem Sith”. Lá você vai ler sobre como funciona a seleção de aprendizes no lado negro, a construção dos sabres de luz com cristal artificial e curiosidades sobre combate e armadura Sith.

A Quarta parte foi a única não escrita por um Lord Sith. “Poder Selvagem” são escritos de Mãe Talzin, uma Nightsister, grupo pertencente a uma outra vertente do lado negro. Achei um pouco chatinho por quebrar a leitura que envolve os Sith, com toda aquela coisa de xamãs e templos, gostei somente da parte em que ela fala sobre a relação entre a força viva e o lado negro. Logo depois de “Poder Selvagem” temos as reflexões curtinhas sobre a natureza do lado negro escritas pelo mestre de Palpatine, Darth Plagueis. Por último nós temos Palpatine, que dividiu sua contribuição ao Livro Sith em três partes: O Livro da Raiva, A Fraqueza dos inferiores e A Manipulação da Vida. O cara era simplesmente destruidor meu povo.

Tudo no Livro dos Sith é muito cool, apenas.

O Manual do Império – Guia do Comandante

Violência se combate com violência. É o único idioma que rebeldes e traidores entendem.” – Imperador Palpatine

A leitura desse livro é muitoooo boa, ele sim é o que podemos chamar de manual completo. São inúmeros detalhes que retratam as novas regras do novo Império (antiga republica) e de como fazer parte da nova frota imperial. O livro é dividido em 5 partes: As Forças Armadas Imperiais, A Marinha Imperial, O exercito Imperial, A Tropa dos Stormtroopers e a Doutrina Imperial. Em cada uma delas temos uma pequena parte de introdução histórica e logo depois capítulos que se dividem entre doutrinas, estrutura e organização. É muito interessante observar como Palpatine podia ser persuasivo nas falas, não foi a toa que conseguiu controlar a galáxia por um tempo considerável.

No livro tem comentários de Leia, Luke, Han Solo♥, Mon Mothma (uma das fundadoras da aliança), Madine (oficial do império que mudou de lado), Rieekan (comandante militar que serviu a aliança rebelde) e Wedge Antilles (será esse um nome importante para lembrar no próximo Spin Off de Star Wars, Rogue One? Wedge foi um dos sobreviventes da batalha de Yavin e logo depois ele formou o esquadrão Rogue com Luke). A parte que mais gostei foi sem dúvida a VI, sobre os Stormtroopers, tem muita coisa interessante lá.

As ilustrações do livro são muito dignas, em especial os cartazes de ordem, alguns bem ao estilo “We want you!”

O Código do Caçador de Recompensa

635972602199626374_Afterlight_Edit

Esse foi um guia escrito por ninguém mais ninguém menos que Boba Fett (O Império Contra-Ataca), nosso anti-herói preferido e melhor caçador de recompensas da galáxia hahahha. O guia possui todas as regras e técnicas necessárias para se tornar um caçador de recompensas. Tem capítulos que englobam regulamentos, requisitos para alistamento, oportunidade de emprego em diferentes áreas de atuação e na grande maioria os tópicos se dividem em “Como fazer tal coisa” ou “Como sobreviver a tal situação”.

A parte do livro que eu mais gosto é a última: “Sentinelas da Morte” e lá aprendemos um pouco sobre a verdadeira história dos Mandalorianos (grupos nômades baseado em um sistema de clãs agrupando membros de diversas espécies). Logo que a guerra civil galáctica acabou, Boba se tornou líder dos Mandalorianos.

Os comentários da maior parte do livro são muito divertidos, feitos por caçadores (Boba, Greedo, Bossk, Dengar) e é muito legal como você consegue captar bem rapidinho a personalidade de todos eles. Existe uma única anotação de Han Solo, no qual ele faz um lembrete, o que é justificável já que Han era um contrabandista, mas sei lá, ficou meio perdido. No mais, é um guia muito legal, assim como os outros 3.

635972606958808406_Afterlight_Edit

Depois de ler, você pode utilizar os livros para consulta. Caso você não seja lá o maior entendedor de Star Wars, assim como eu, que só tive contato com os filmes, é interessante ler os livros com o celular do lado para pesquisar por termos que você não seja familiarizado, eu utilizei o Star Wars Wikia. Isso facilita muito a leitura e você não acaba ficando perdido.

darkside

Lojas físicas vendem o box muito caro. Opte por comprar online, eu paguei R$ 69,90 numa promoção da Submarino e agora, você já encontra ele por R$ 99. Vale muito a pena!

Espero que tenham gostado, vocês já leram algum desses livros de Star Wars?
Até a próxima!

2 replies on “ Star Wars – Conhecendo os manuais ”
  1. E como sempre o lado negro humilhando em elegância! <3
    Estava com fortes dúvidas sobre os livros: tão bonito o rosto, mas será se compensa? Achei o post incrível e matou toda a minha curiosidade, provavelmente vou aproveitar os descontos do Dia do Orgulho Nerd e comprar (até porque: tão bonito os rosto).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *