368 dias atrás e 2019

Foi a mais ou menos 1 ano que eu postei por aqui pela última vez. E por mais chato que possa parecer, acredito que fez um bem danado pra mim. Eu não somente me afastei daqui como também dei uma diminuída drástica nas outras redes sociais (assunto pra outro post, inclusive) e não me arrependo nem um pouquinho.

CONTINUAR LENDO

A importância do “não” em nossas vidas

Não. Essa é uma palavra que apesar do contexto negativo, é libertadora. Mais que libertadora, ela é extremamente poderosa. Outro dia enquanto revia um filme com meu marido em casa, “Yes Man” com Jim Carrey, comecei a pensar nos benefícios de um não bem dado pra nossa saúde mental. Essa foi a primeira vez que pensei no outro lado da história enquanto assistia Carl, personagem do Jim, cometer uma infinidade de loucuras com o proposito de sair da sua famigerada zona de conforto.

CONTINUAR LENDO

Controle é uma farsa

Já reparou que quando tem algo de errado com a gente, nada mais ao redor parece funcionar de maneira certa, apesar de seguir a mesma rotina/dinâmica? Alguém mais já sentiu essa sensação estranha? É como se você fizesse as coisas no automático e somente depois se desse conta do que fez ou como se você estivesse perdido em pensamentos e acordasse sem lembrar se no meio do caminho mudou a ordem das pedras.

CONTINUAR LENDO

O Facebook e o comportamento nas redes sociais

Eu sei que ando um pouco atrasada com os posts aqui no blog, mas as vezes fica difícil atualizar as coisas com a frequência que eu gostaria. Umas duas semanas atrás eu publiquei um vídeo no canal do Youtube falando o porque de não usar mais Facebook. Depois de assistir ele de novo esses dias eu achei que acabei esquecendo de falar umas coisas importantes… Acontece, né?

CONTINUAR LENDO