Conversas – Filho Canino 3/4 – Mania de cachorro

Vocês já me viram falar bastante sobre meus cães nos posts anteriores da conversa Filho Canino, e logo aqui na minha sidebar tem o link da página onde mostro um pouquinho sobre como elas chegaram na minha vida. Como todo cachorro tem personalidade única, particularidades especiais que nos fazem amar ainda mais esses seres, hoje vou contar mais sobre as manias loucas e o dia a dia das minhas pitxuquinhas.

Se eu fosse atribuir a personalidade de alguém famoso aos meus cachorros teria duas celebridades em mente… Foxy seria a Lady Gaga, diva e desesperada por atenção enquanto Korinha eu acho que seria Adele, meiga e engraçadinha (?) hhahaha. O mais legal de ter cachorros é essa coisa de poder observar neles atitudes que mais parecem ser de humanos. Tive muita sorte na adoção dos meus pets e as vezes esqueço completamente de como era nossa vida (minha e do meu marido) sem as duas.

Tenho a impressão de que Kora consegue me entender como uma pessoa de verdade. Ela balança a cabeça, sorri com o cantinho da boca (JURO) e as vezes me deixa assustada de tão estranha que é. Já Foxy me passa aquela sensação de segurança extrema, sendo sempre muito carinhosa e protetora. Difícil me tocar em certos momentos que as duas são apenas cães. A relação que tenho com elas é muito materna e as vezes isso até desencadeia comentários/perguntas meio chatas por parte das outras pessoas ( deixei pra falar sobre isso no último post da série).

foxyekoradormindo
Foxy Lady // Korinha Furacão

Elas tem manias muito loucas e acredito que mesmo que sejam coisas que cachorros tenham o costume de fazer o tempo todo, cada um deles deve ter um jeitinho especial de transmitir o que estão sentindo. Foxy minha princesa/espoleta/loira/babygirl, assiste filmes como se estivesse aprendendo algo importante e dorme de um jeito muito meigo, sempre no meu travesseiro, o que as vezes é bem inconveniente durante a noite. Ela costuma latir pra pedir colo (nem se toca do peso que tem), biscoito ou pra reclamar que está sendo perseguida pela irmã. Quem dita a hora da brincadeira é ela. Reclama quando estamos dando atenção a Kora ou quando a coitadinha está mordendo o brinquedo que ela nomeou como somente dela. Quando está com raiva da gente por algum motivo, ela IGNORA nossos chamados e faz uns sons estranhos com a boca, como se estivesse resmungando, queria muito conseguir filmar um desses momentos e virar um viral da internet hahahah. Com as pessoas, ela tem o hábito de ser muito receptiva e lambe todo mundo no rosto logo no primeiro encontro, atitude muito diferente de quando ela tem contato com outros cachorros, já que ladra, esperneia, late como se não houvesse amanhã e chora. Foxy odeia tomar banho.

Kora gosta de fazer vigília na varanda e late para qualquer coisa andante que passar perto da nossa janela. É como se ela estivesse dando um aviso do tipo “Isso mesmo, vão andando pra longe da minha casa”. Ela não tem problema em dividir nada, é impressionante… seja comida, brinquedo ou atenção. Demorou um pouco a se acostumar com pessoas perto dela e por isso sempre tenta morder quando vê um estranho, o que dificulta receber visitas em casa. Tem o hábito fofo de chegar junto e deitar em cima da gente, esfregando o focinho pra pedir carinho, por isso que as vezes eu penso que ela consegue falar “mamaãããe, eu quero cafuné”. É a mais desastrada de todas, sempre caindo de cama, tropeçando nos moveis, escorregando pelo chão da casa e isso nos rende boas risadas, sem falar na obsessão louca que ela tem por mouse de computador… vai entender! Uma outra mania da minha gorda/caçuletinha/ursa/poopfactory é suspirar quando está entediada e dar o famoso beijinho esquimó (com o focinho gelado) quando estamos distraídos. Ela nunca lambe, só quando está mega empolgada com algo. Adora tomar banho e fica muito tranquila na hora de secar/escovar… deve se sentir num spa.

As duas são muito companheiras e não conseguem ficar separadas, tentei uma vez sair com uma de cada vez e Kora quase morreu do coração de tanto chorar. Elas também gostam de ficar esperando/espiando a gente acordar pra fazer festa de manhã… é rabo abanando na velocidade 5 sempre que abrimos os olhos. Não tem como ficar de mau humor, né? Segundo meu vizinho, as duas também são parceiras no crime… ele observou da varanda dele a destruição da minha árvore de natal ano passado e denunciou as duas como culpadas.

O dia a dia das meninas é tranquilo, comem de manhã às 7h e de noite às 19h. Costumamos dar um passeio de mais ou menos 40 min. – 1h com as duas todos os dias, as vezes pela manhã outras vezes a noite e isso ajuda a diminuir um pouco da energia delas. Foxy é mais tranquila na caminhada, pesa somente 10kg e é uma lady caminhando, mas o furacão Kora com seus 15 kg precisa se exercitar um tico porque adora correr e puxar como se estivesse carregando troncos de madeira… Já tentei de tudo e depois de desistir/entregar a Deus, vou esperar que num milagre, quando ela estiver mais madura, aprenda a andar direito. Como ainda é muito filhote, com pouco mais de 1 ano, é toda sem noção.

Aii como é bom ter cachorro e histórias pra contar ♥
Agora que vocês sabem mais sobre meus bebês, fala pra mim nos comentários qual a mania mais fofa do pet de vocês!
Até a próxima!

2 replies on “ Conversas – Filho Canino 3/4 – Mania de cachorro ”
  1. Agatha, que legal saber um pouco mais das tuas filhas caninas.. me divirto com essas historias e ver como cada um deles tem suas personalidades e peculiaridades. Esses seres de quatro patas deixam nossas vidas muito mais felizes, sem duvida alguma. Dá uma esmagada nelas por mim, tão fofas ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *