Rejeição. Ao menos uma vez na vida alguém já sofreu desse mal e acabou se machucando psicologicamente em consequência disso. Inclusive, se a rejeição vem repetidas vezes, a frustração toma proporções gigantescas e o trauma pode se manter pra sempre. Pelo menos comigo foi assim.

Mas e quando a rejeição é criada na nossa cabeça e se prova não ter fundamento nenhum?

Expectativas vs realidade

É da nossa natureza colocar expectativa em tudo e em todos, principalmente. Então quando a gente se sente deixado de lado e a realidade não corresponde as nossas ilusões mais profundas, nós acabamos tristes em posição fetal e sem tomar banho por uma semana imersos no sentimento de infelicidade.

Pode parecer fácil resolver o problema. Não coloque expectativas nas coisas e não te frustrarás. Porém, tudo que vivemos no dia a dia prova que nada disso é tão simples. Infelizmente nem todos tiveram a sorte de nascer na Dinamarca, por exemplo, localização das pessoas mais felizes do mundo, único lugar onde o hábito cruel de colocar expectativas em tudo é inexistente.

Está faltando confiança

Geralmente é quando não estamos bem mentalmente que começamos a criar rejeições imaginarias na cabeça. Falta de confiança, ansiedade e autoestima baixa são fatores que contribuem na evolução desse cenário. Geralmente o papo começa com “eu não mereço” ou “ninguém gosta de mim”.

É exatamente por causa dessa atitude que a gente tende muitas vezes a assumir uma postura submissa diante dos outros, tentando agradar gregos e troianos o tempo todo e desenvolvendo aquela habilidade horrível de não conseguir negar nada a ninguém (nesse post falo da importância do “não” nas nossas vidas).

Cá estou eu pra lhe assegurar uma coisa: Isso só vai mudar na sua vida quando você também mudar seu mindset. Seja mais você, distraia sua cabeça dos outros e observe aspectos que podem levantar sua moral diante de si mesmo. Único fator importante na equação.

Aceitação não é tudo

As vezes parece que mesmo fazendo de tudo pra agradar o universo, continuamos nos sentindo isolados ou ignorados. Acho que a palavra de sabedoria nesses casos seria: Valorize-se. Valorize também os seus sentimentos. Não deixe que coloquem você ou suas conquistas no saco da inferioridade. Ninguém é obrigado a gostar de você ou te responder no whatsapp, assim como você também não é obrigado a nada. A vida é isso. Aceitação não é tudo e está tudo bem.

Bem, tendo dito tudo isso, gostaria de agradecer sua presença no meu pequeno TED Talk haahhaaha. Até a próxima.

Posted by:Agatha Chris

Por aqui compartilha sobre as coisas que ama, sentimentos e tudo que vive. Não vive sem sonhos, chocolate, cachorros, novos ares, cinema, música e fotografia. Email: agavalenca@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *